Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cuida-te bem

A chave para resolver muitas situações do dia-a-dia como uma gripe, insónias ou a falta de ânimo pode estar à nossa volta: a Natureza. Com a Natureza podemos cuidar da casa, da saúde, da beleza sem segredos.

cuida-te bem

Pelagra: a doenças dos 4 D's ("Dementia", "Dermatitis", "Diarrhea" e "Death")

Cópia de Cópia de Vitamina (1).png

 

A Pelagra, também conhecida como Deficiência de Vitamina B3, é causada pela carência de Vitamina B3 (também conhecida como Niacina, Ácido nicotínico ou Vitamina PP) ou falta de Triptofano, um aminoácido essencial ao organismo. É mais comum em países subdesenvolvidos com dieta restrita e em pessoas com SIDA.

gaspar.jpg

 

 

Esta doença foi descrita pela primeira vez por Gaspar Casal, que foi um médico do rei Felipe V da Espanha, em 1762. No entanto, a sua associação à Vitamina B3 só foi descoberta no início do século XX.

 

images.jpg

 

Conhecida também na época por “Mal
de la Rosa e Casal” e por “Lepra das Astúrias”, associava a demência a lesões semelhantes a queimaduras ao redor do pescoço, descrita como “Colar de Casal”.

 

 

Causas

A causa mais comum da Pelagra é o organismo não ter à sua disposição Vitamina B3 em quantidade suficiente. Este tipo de Pelagra designa-se por primária. 

Outras causas de Pelagra estão associadas a distúrbios digestivos, diarreia, alcoolismo, cirrose, síndromes carcinoides, doença de Hartnup, doença de Crohn e medicações como a isoniazida que é usada no tratamento de tuberculose. Neste caso, apesar da quantidade de Vitamina B3 ingerida ser suficiente, a sua absorção pelo corpo é reduzida. E, neste caso, designa-se de Pelagra secundária.

Baixos níveis de Triptofano (aminoácido essencial na biossíntese de proteínas) também pode levar à Pelarga, por este ser necessário para a produção de Vitamina B3.

 

 

Sintomas

Os sintomas associados à Pelagra são normalmente crónicos, havendo períodos de agravamento e períodos de remissão.

Os médicos reconhecem a Pelagra pelos 4 D's: "Dementia" (demência), "Dermatitis" (dermatite), "Diarrhea" (diarreia) e "Death" (morte). Importa ressalvar que a Pelagra é uma doença que aparece quando as pessoas estão nos estágios finais da deficiência de Vitamina B3 ou Triptofano.

A demência caracteriza-se por astenia, dores, insônia, depressão e instabilidade emocional.

A dermatite piora com o sol, assim, áreas como a face, o pescoço e as extremidades são superfícies que normalmente são afetadas pela Pelagra.

Além da diarreia, também os vómitos podem estar presentes. A diarreia pode ter sangue devido hiperemia e ulceração da mucosa.

Se não for tratada, a pelagra primária geralmente causa a morte após quatro ou cinco anos.

 

 

Tratamento

Vitamina B3.jpg

Pelagra primária é tratada com mudanças nos hábitos alimentares e suplementos de Vitamina B3 (Niacina ou Nicotinamida). Também pode ser necessário administrar por via intravenosa. 

Com o tratamento precoce, é possível recuperar completamente. Os sintomas de demência e os distúrbios gastrointestinais desaparecem em 48h e as lesões cutâneas demoram de 4 semanas (em situações mais avançadas, podem levar vários meses).

 

O tratamento da pelagra secundária geralmente se concentra no tratamento da causa subjacente. No entanto, alguns casos de pelagra secundária também respondem bem às mudanças nos hábitos alimentares e suplementos de Vitamina B3 (Niacina ou Nicotinamida).

 

Fontes:

- https://www.msdmanuals.com/pt-br/profissional/dist%C3%BArbios-nutricionais/defici%C3%AAncia-depend%C3%AAncia-e-toxicidade-das-vitaminas/defici%C3%AAncia-de-niacina (acesso em 02 de maio de 2022)
- http://files.bvs.br/upload/S/1679-1010/2008/v6n4/a139-141.pdf (acesso em 02 de maio de 2022)
https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/niacin-vitamin-b3/ (acesso em 02 de maio de 2022)
https://www.aocd.org/page/Pellagra (acesso em 02 de maio de 2022)
- https://fundaciongasparcasal.blog/2013/08/27/quien-era-gaspar-casal/ (acesso em 02 de maio de 2022)

 

Clica para voltar

 

⚠️ Este post tem caráter meramente informativo. Não dispensa a avaliação por um profissional de saúde.