Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cuida-te bem

A chave para resolver muitas situações do dia-a-dia como uma gripe, insónias ou a falta de ânimo pode estar à nossa volta: a Natureza. Com a Natureza podemos cuidar da casa, da saúde, da beleza sem segredos.

cuida-te bem

Vitamina B5 (Ácido pantoténico): energia, desempenho mental e cicatrização

Cópia de Cópia de Vitamina.png

A Vitamina B5 ou Ácido pantoténico é um é um micronutriente pertencente ao grupo das vitaminas hidrossolúveis (solúvel em água), encontra-se naturalmente na maioria dos alimentos de origem vegetal e animal, conforme o próprio nome indica, pantoténico tem origem na palavra grega “pantos” que significa “em toda a parte”.

800px-(R)-Pantothenic_acid_Formula_V.1.svg.png

A Vitamina B5 é essencial na síntese da coenzima A, sendo por isso uma vitamina essencial no metabolismo, porque ajuda a transformar a gordura e os hidratos de carbono, que estão nos alimentos, em energia.

Vitamina B5 Doses.jpg

 

Funções da Vitamina B5

Como já referi anteriormente, a Vitamina B5 é essencial na síntese da coenzima A, sendo por isso uma vitamina essencial no metabolismo dos hidratos de carbono, proteínas e gorduras.

Tem um papel muito importante na manutenção e reparação de todas as células e tecidos, sendo por isso um excelente cicatrizante. Muitas vezes está presente nas fórmulas de pomadas para acelerar o processo de cicatrização de feridas (cortes e arranhões), úlceras (escaras) e inflamações (queimaduras, assaduras e eritemas da fralda).

Também o desempenho mental é influenciado pela ingestão da Vitamina B5 pois a energia produzida através do seu metabolismo vai, também, potenciar o metabolismo da Vitamina D e de alguns neurotransmissores. Esta energia refletir na redução da fadiga e cansaço mental.

A Vitamina B5 também desempenha um papel muito importante na formação de células o que contribui para o normal crescimento e desenvolvimento do sistema nervoso central.

Outra função da Vitamina B5 é o contributo na síntese de anticorpos, da porfirina, de colesterol, de hormonas esteroides e no bom funcionamento das glândulas suprarenais.

 

 

Carência

Apesar de ser rara ocorrer carência de Vitamina B5 por esta estar presente na maioria dos alimentos.

No entanto, como a Vitamina B5 desempenha funções e vários processos no organismo, no caso de ocorrer a falta desta vitamina pode levar ao desenvolvimento de alguns sintomas, nomeadamente: fraqueza, náuseas, vómitos, diarreia, dores abdominais, alopecia, úlceras cutâneas, cefaleias, insónias, depressão, irritabilidade, fadiga, parestesias, dor, queimaduras nas extremidades, hipoglicémia e aumento da sensibilidade à insulina.

 

 

Toxicidade

A toxicidade de Vitamina B5 não é comum pois, no caso de haver consumo excessivo, o corpo apenas irá absorver a quantidade necessária para as funções e vários processos no organismo. O excedente será eliminado através do sistema excretor. No entanto em doses muito elevadas pode causar transtornos gastrointestinais e aumentar a probabilidade de hemorragias quando tomado em simultâneo com anti-agregantes plaquetários (salicilatos).

 

 

Fontes

Tabela alimentos.jpg

Como já referi anteriormente, o próprio nome, pantoténico, tem origem na palavra grega “pantos” que significa “em toda a parte” e é exatamente em (quase) todos os alimentos de origem vegetal e animal que se pode encontrar a Vitamina B5, nomeadamente: ovos, carne, vísceras, brócolos, tomate, abacate, lentilhas, couve-flor, cereais integrais, etc.

Pode ainda ser sintetizada no organismo pelas bactérias intestinais.

 

Fonte:

 

Etiquetas (200 × 50 px).png

 

⚠️ Este post tem caráter meramente informativo. Não dispensa a avaliação por um profissional de saúde.